06 janeiro 2009

'Vamos celebrar a estupidez humana'


'Existe alguém esperando por você que vai comprar a sua juventude e convencê-lo a vencer. Mais uma guerra sem razão já são tantas as crianças com armas na mão, mas explicam novamente que a guerra gera empregos, aumenta a produção. Uma guerra sempre avança a tecnologia, mesmo sendo guerra santa, quente, morna ou fria. Pra que exportar comida, se as armas dão mais lucros na exportação? Existe alguém que está contando com você pra lutar em seu lugar, já que nessa guerra não é ele quem vai morrer...
E quando longe de casa, ferido e com frio, o inimigo você espera. Ele estará com outros velhos inventando novos jogos de guerra. Que belíssimas cenas de destruição, não teremos mais problemas com a superpopulação. -Veja que uniforme lindo fizemos pra você. Lembre-se sempre
que Deus está do lado de quem vai vencer. O senhor da guerra não gosta de crianças...'

Esse texto é uma música do grande Renato Russo, gravada em 1985. Acho que, se o Renato estivesse vivo, estaria compondo uma música. E acho também que ela entraria no rol das muitas músicas tristes e chocantes que lhe pertenciam. Ele apenas escrevia a realidade. Como é triste ler essa letra feita há mais de 20 anos e perceber que nada mudou. Nada.

Em 11 dias de ataques israelenses na faixa de Gaza, houveram 555 mortos, dentre esses 79 crianças. Mais de 2500 feridos. Uma notícia de hoje, provando o que já foi dito.

Ahh, mas porque não postar algo feliz, algo que deixe as pessoas interessadas, entusiasmadas? Porque aqui escrevo também o que causa em mim indignação. Indignação pela sede de destruição do homem, o ser racional; pela falta de humanidade; pelos motivos, em nome de Deus! Ah não venha com essa pra cima de mim. É por vingança, de não ter o mesmo territóro do outro. É por poder, para mostrar quem manda. Por dinheiro. O que me apavora são as crianças morrendo, vendo seus pais e irmãos, ou sendo mutilados, ou sendo mortos; perdendo a juventude, aprendendo a guerrear.

Indignação também por poder apenas ficar indgnada. Nãão, isso não é querer mudar o mundo! Isso é apenas um desabafo. Apenas não quero celebrar.

Blogueiros contam o terror da guerra direto da Faixa de Gaza “É realmente difícil postar daqui”. Esse é o título que o autor anônimo do blog "In Gaza" usou para chamar seu post escrito nesta segunda-feira (5). “Uma mancha de sangue na maca da ambulância, que parece uma piscina, está próxima ao meu casaco, o médico alerta que ele pode sujar. Que diferença faz? A mancha já não me revolta como aconteceria uma semana atrás. A morte enche o ar e as ruas de Gaza, eu não posso me estressar porque isso não é exagero”, diz.


Reportagem completa no:
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL944033-5602,00.html



"Vamos celebrar a fome, não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar. Vamos alimentar o que é maldade,
vamos machucar o coração..."

Perfeição - Renato Russo

13 comentários :

  1. Post muito inteligente e de grande sensibilidade, o terror da guerra é a maior prova da ignorância humana. Sagrificar vidas em troca de que?

    ResponderExcluir
  2. Realmente, nessa passagem de ano, como em outras (lembra do Tsunami?), a gente teria mais era que ficar em silêncio e pensar nas escolhas que nós e nossos governantes fazem.
    A vida na terra tá ficando difícil!

    ResponderExcluir
  3. Ontem, assistindo ao noticiário, disse a minha mãe uma frase que costumo gritar em certas circunstâncias: "Parem o mundo que quero descer".
    O tempo que o homem perde com destruição para mim é no mínimo burrice. A raça humana, infelizmente, carrega consigo o poder da finalização, talvez em maior escala, que o poder da construção. Uma pena!!!
    Gostei do Post.
    Bjs e um ano de 2009 melhor para todos nós.

    ResponderExcluir
  4. Texto inteligente. Nos mostra o quanto estamos perto de tudo isso e às vezes a maioria não percebe!

    Muito lindo o layout do seu blog!
    Parabéns!
    beijo

    ResponderExcluir
  5. Você tem razão. Que guerra insana! É como se estivéssemos vendo Golias X Pequeno Davi. Só que um Davi que não tem como vencer...

    Bem, espero que tudo isso acabe logo e possamos não mais ter esses pesadelos... Pesadelos de ver crianças morrendo por uma guerra insana...

    Precisando de um amigo, aqui estou...

    http://inspiracoesmatinais.blogspot.com
    inspiracoes.matinais@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. Querida, linkei vc, ok?
    Abraço^^

    ResponderExcluir
  7. Oi Sophie, concordo com você, a religião é uma máscara para toda essa guerra de egos. E como toda guerra tem mortes, sofrimento e dor. Corta o coração ver o rosto daquelas crianças que estão no olho do furacão. E ainda nos chamam de racionais, será que realmente racionalizamos, será que uma razão pra guerra, qualquer que seja?????
    Compartilho dessa sua indignação.

    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Estamos te linkando no nosso blog tbm!!

    Beijaooo da Morena!

    ResponderExcluir
  9. Ola!!
    Estive passando por alguns blogs, e achei o seu que por curiosidade dei uma lida nesse seu texto que por sinal achei mto interessante e gostei do jeito em que vc aborda tais assuntos de maneira sabía!!!Parabens...

    ...................................
    Continue postando que o lugar aqui é cheio de reflexões interessantes..

    Com Adimiração..

    *(Green Goes)*

    ResponderExcluir
  10. Quando recebi a notícia dos ataques tudo o que fiz foi lamentar.
    Acho vergonhoso que, em pleno século XXI, ainda ajamos como bárbaros sem a mínima idéia de civilização.

    ResponderExcluir
  11. Humanos são tolos, não há mais nada para dizer sobre eles.

    ResponderExcluir
  12. essa história do conflito é complicada e quem pode não toma atitudes para para isso.

    ResponderExcluir
  13. sorry não ter passado aqui antes... a volta às aulas cortou um pouco meu ritmo na internet >.<"
    é, cara, os humanos estão sempre dispostos a acabar com tudo >.< eu estava vendo as notícias sobre esse conflito na televisão, e no meio da entrevista com uma pessoa q morava lá um míssel caiu lá perto e a pessoa disse (+/- assim): pode ser aqui a qqr momento.
    putz, ñ dá nem pra ter noção do que é viver sob essa tensão de guerra, podendo cair uma bomba na sua cabeça a qqr momento!!
    às vezes eu simplesmente não consigo ser otimista e acho que esses conflitos nessa região nunca acabarão... sempre há um novo "motivo" para que se inicie uma nova guerra...
    enfim...
    vamos acreditar que chegarão tempos de paz.

    ResponderExcluir